No dia em que Sally Ride completaria 64 anos, a Google decidiu homenagear a primeira mulher norte-americana a viajar para o espaço com uma série de desenhos interativos ( “doodles”) na página inicial do motor de busca.

As cinco imagens tentam representar várias fases da vida da astronauta norte-americana, falecida em 2012, e mostram Sally a exercer várias funções: desde que começou numa sala de controlo da NASA, passando pelas viagens ao espaço, até se tornar professora na Universidade da Califórnia.
 
            


Sally Ride, nascida em Los Angeles, a 26 de maio de 1951, entrou para a história a 18 de junho de 1983 quando, a bordo da nave espacial “Challenger”, se tornou a primeira americana no espaço (a primeira mulher foi a russa Valentina Tereshkova). No ano seguinte voltaria a participar noutra missão, também a bordo do "Challenger".

A astronauta também viria a participar nas investigações para as missões que acabaram em desastre: a “Challenger”, em 1986, e a “Columbia”, em 2003.

Depois de deixar a NASA tornou-se professora de física na Universidade da Califórnia. Acabaria por falecer a 13 de julho de 2012, com 61 anos, vítima de cancro do pâncreas.