Chama-se «Gecko», nasceu na Índia e tem mais ou menos o tamanho de uma moeda. Funciona através de Bluetooth e consegue ligar-se a um smartphone para ajudar numa série de tarefas, avançou esta quinta-feira o portal Mashable.

Desenhado para ser conectado a um smartphone, o «Gecko» consegue manter «de baixo-de-olho» até o animal doméstico de uma família.

Com a tecnologia Bluetooth, o «Gecko» liga-se a um telemóvel e vai enviando sinais do que está a acontecer com o outro objeto a que está agarrado.

Por exemplo, o «Gecko» consegue facilmente encontrar o seu telefone caso o tenha perdido, saber se o seu cão abandonou a área de casa (se estiver agarrado à coleira, por exemplo), ou até saber se alguém abriu a sua porta de entrada a meio da noite.

Mas as funções não ficam por aqui, o pequeno comando consegue fazer o oposto, isto é, saber se um objeto permaneceu imóvel por mais tempo do que o devido, servindo como lembrete para tomar, por exemplo, um medicamento.

Se por outro lado, preferir funções mais simples, ao abanar ou virar o «Gecko», este pode ser usado para efetuar uma chamada de emergência, tirar uma fotografia ou mudar a faixa do seu leitor de música.

A empresa que está a desenvolver o gadjet ainda está em fase de recolha de alguns fundos, mas espera que o «Gecko» esteja disponível para a altura do Natal, compatível com iPhone (4S ou superior) Android (versão 4.3 ou superior) ou telefones Samsung (versão 4.2 ou superior).