Seis estudantes portugueses estão entre os premiados de diferentes categorias da competição internacional "Future Ideas", que premeia ideias inovadoras de trabalhos académicos.

Das seis categorias a serem disputadas, em três foram participantes portugueses a vencer o primeiro prémio: na categoria do “Futuro do Design” Alexandra Santos, bolseira do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) com um trabalho apresentado à Universidade de Aveiro, na categoria “Futuro da Saúde” venceu Pedro Ferreira com uma dissertação apresentada na Universidade Nova de Lisboa e, no “Futuro da Tecnologia”, ganhou Carla Teixeira, do ISEP, entidade que divulgou os premiados.

O trabalho de mestrado em Bioquímica Clínica de Alexandra Santos intitula-se “Desenvolvimento de um biossensor para um biomarcador do cancro da mama”, enquanto Pedro Ferreira apresentou a dissertação do trabalho em Engenharia Biomédica feito no Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica sobre “Otimização da reconstrução de imagem de tomossíntese mamária usando computação paralela” e Carla Teixeira o trabalho sobre “Desenvolvimento de sensores colorimétricos para despiste de antibióticos”.

Ainda no pódio, três portugueses ocuparam terceiros lugares: Cláudia Pinheiro no “Futuro do Design” por uma dissertação apresentada na Universidade da Beira Interior, João Teixeira da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto no “Futuro da Saúde” e Cláudia Martins de Melo, do Instituto Superior Técnico, na categoria do “Futuro da Sustentabilidade”.

Cada um dos primeiros premiados vai receber mil euros e a mentoria de alguns dos “pensadores de topo a nível mundial”, segundo a organização, para além de ver o seu trabalho publicado numa revista académica do programa Future Ideas.