Um jovem francês vai pagar uma multa de mais de 400 euros por ter filmado a sua cidade natal, Nancy, com recurso a um «drone» para o qual não obteve licença.

Nans Thomas, com 18 anos, decidiu filmar a cidade do ponto de vista de um pássaro e colocar o vídeo na internet. Jamais pensou que as imagens lhe pudessem causar problemas.

Com mais de 360 mil visualizações o vídeo captou certamente a atenção de muitos curiosos, porém entre eles estavam as autoridades de aviação civil que decidiram penalizar o jovem por não ter licença para pilotar o aparelho e colocou, alegadamente, os moradores em risco.



[Senti-me] «tratado como um criminoso», afirmou o jovem ao «The Local».

A lei em França obriga a que os operadores de drones cumpram um treino para obter a permissão para pilotar os objetos, lei que o jovem desconhecia. Agora, Thomas admite mesmo que está a pensar mudar-se para Portugal ou Espanha onde as leis são menos restritas.

«Eu não sabia que precisava de licença. Ninguém me avisou que precisava de uma quando o comprei na internet», afirmou o rapaz.

No entanto, as imagens não foram retiradas da internet. Pode vê-las logo abaixo.