A Agência Aeroespacial do Japão (JAXA) conseguiu hoje, depois de várias tentativas falhadas, levar a cabo o lançamento do foguetão Epsilon-1, que transporta a bordo o primeiro telescópio espacial de observação planetária remota.

O foguetão foi lançado, com êxito, às 14:00 locais (06:00 em Lisboa) a partir do Centro Espacial de Uchinoura, em Kagoshima, no sudoeste do Japão.

Com o Epsilon-1, o Japão pretende colocar em órbita o Sprint-A, o primeiro telescópio espacial de observação remota de planetas como Vénus, Marte e Júpiter, a partir da órbita à volta da terra.