Conseguia ser feliz sem ir ao Facebook? Esta é a questão que o projeto «99 Days of Freedom» (99 Dias de Liberdade) quer ver respondida.

Trata-se de uma experiência criada pela agência holandesa Just que convida os utilizadores desta rede social a deixarem de ir ao Facebook durante 99 dias. Em troca, o grupo diz que os utilizadores ganham 28 horas de tempo útil.

O objetivo deste estudo é perceber como é que este comportamento de privação pode afetar a felicidade das pessoas, escreve o «Business Insider».

Até agora, 2183 pessoas já aderiram à iniciativa.

Para ter estes 99 dias de liberdade basta aceder ao site do projeto e seguir os passos que são descritos: mudar a fotografia de perfil, criar uma contagem decrescente e partilhá-la no facebook e, por último, não ir à rede social durante 99 dias. Depois, a única coisa que terá de fazer durante os três meses da experiência é responder a alguns questionários de forma anónima.

O «99 Days of Freedom» surge depois de ter sido divulgado que o Facebook realizou um estudo psicológico, manipulando o feed de vários utilizadores. O objetivo era perceber de que modo as mensagens recebidas na rede afetavam o estado de espírito dos indivíduos.