Quase metade dos portugueses (48%) utiliza diariamente a Internet, um valor abaixo da média europeia (UE 63%), mas um crescimento de dez pontos percentuais face a 2013, segundo um inquérito Eurobarómetro hoje divulgado.

Em contrapartida, um total de 44% respondeu nunca utilizar a Internet e, destes, 10% não possuem sequer ligação à rede, segundo dados de 2014.

A esmagadora maioria dos portugueses (93%) acede à Internet através do computador (UE 92%), seguindo-se o smartphone para 38% dos portugueses (UE 61%), o tablet para 22% (UE 30%) e o televisor para 3% (UE 11%).

A consulta do correio eletrónico é a principal atividade realizada online (PT 82%, UE 86%), seguindo-se a utilização de redes sociais (PT 76%, UE 60%), a leitura de notícias (PT 67%, UE 63%), os jogos (PT 41%, UE 29%), a utilização de serviços bancários (PT 26%, UE 54%) e a compra de bens ou serviços (PT 20%, UE 57%).

Em relação aos riscos do cibercrime, mais de metade dos portugueses (55%) dizem estar mal informados (-13 pontos face a 2013) e 47% consideram-se bem informados (+13 pontos, na comparação com o ano anterior).

A média europeia é de, respetivamente, 50% (-2 pontos) e 47% (+3 pontos).

O Eurobarómetro foi realizado, em Portugal, entre 12 e 20 de outubro de 2014, tendo sido entrevistadas 1.002 pessoas, num total de 27.868 na UE.