O avistamento de um ovni causou o pânico na Califórnia, na noite de sábado. Centenas de pessoas documentaram o incidente e ficaram a interrogar-se sobre o que seria. Afinal tratou-se apenas do teste de um míssil, orquestrado pelo Programa Estratégico da Marinha norte-americano.
 

“Ao princípio parecia uma estrela cadente dourada. Passou de dourada e pequena para uma luz azulada. Foi estranho, a cauda era clara e larga e tornou-se cada vez mais azul. Depois extinguiu-se e desapareceu”, disse uma testemunha, em entrevista à CNN.


O fascínio de centenas de residentes originou vários vídeos, que foram colocados online.





O evento deixou a população a perguntar-se se estaria na presença de extraterrestres ou de um meteorito, mas, o serviço militar norte-americano já veio a público reivindicar a autoria dos avistamentos, alegando que se tratava do ensaio de um míssil balístico para submarinos.
 

“Os testes foram parte de um sistema de avaliação, que está a ocorrer, e que foi planeado. Lançamentos como estes são frequentes e recorrentes para assegurar a fiabilidade do sistema”.


A população recebeu com surpresa a informação, uma vez que não houve qualquer aviso prévio.

O Aeroporto Internacional de Los Angeles já veio a público alertar para a continuação destes testes militares, que se vão estender até ao dia 12 de novembro.
 

“O espaço aéreo militar do Oeste vai estar ativo por uma semana, criando limitações no tráfego aéreo”.