Um erro no sistema informático da Uber expôs informações pessoais de centenas de motoristas norte-americanos da companhia. A empresa afirmou que cerca de 700 dos seus colaboradores foram afetados pela falha.

Dos dados divulgados constam números de Segurança Social, fotografias dos condutores, matrículas, formulários de impostos e cópias de bilhetes de identidade.

De acordo com a AFP, a Uber conseguiu resolver o problema meia hora depois de ter sido notificada por um dos motoristas.
 

“Fomos informados de um erro que estava a atingir uma fração dos nossos trabalhadores, nos EUA”, disse um porta-voz. “Nós gostávamos de agradecer ao motorista que chamou a atenção e pedir desculpa aos condutores cuja informação possa ter sido afetada”.


Para além do alerta, algumas pessoas já tinham partilhado o problema em sites como o Reddit.
 

“Wow - fui colocar alguns novos documentos do seguro e a página dos documentos mostrou-me milhares de informações privadas de outras pessoas (números da segurança social, moradas, informação dos contribuintes)”, escreveu um dos motoristas.


Pensa-se que a falha no sistema possa ter exposto mais de 1.000 documentos.

A informação pessoal de outros 50.000 trabalhadores norte-americanos da Uber ficou comprometida, em abril, depois da companhia ter sido alvo de um ataque informático.

O incidente aconteceu no dia em que a empresa anunciou um novo serviço de entegas low cost.