Um estudo recente descobriu que o pico da felicidade ocorre entre os 23 e os 69 anos. É uma descoberta do Centro de Desempenho Económico da Escola de Economia de Londres, em Inglaterra.

Com 20 anos, temos tendência a ter mais esperança, aos 30 anos, as nossas expetativas com o futuro começam supostamente a cair, ao atingirmos a meia-idade ficamos mais frustrados.

O estudo revela ainda que os níveis de felicidade baixam por volta dos 55 anos, quando as conquistas efetuadas ao longo da vida são analisadas de forma negativa.

As «aspirações não-satisfeitas são sentidas de uma forma dolorosa na meia-idade, mas desaparecem beneficamente anos mais tarde», explicou Hannes Schwandt, um dos investigadores envolvidos neste estudo, citado pelo «Daily Mail».

Por volta dos 60 anos, o nível de felicidade começa a atingir novamente um pequeno aumento, à medida que entramos num nível de aceitação. No entanto, o estudo constatou que a felicidade começa novamente a reduzir aos 70 anos.

Para as conclusões do estudo a equipa de investigação comparou os níveis de felicidade entre 23 161 pessoas com idades compreendidas entre os 17 e 85.