Os abraços são uma forma comum de demonstrar carinho entre os humanos, mas talvez não seja a melhor maneira de mostrar o quanto gosta do seu cão. É o que diz um novo estudo, publicado na revista Psychology Today, que revela que os cães odeiam abraços, porque se sentem ansiosos e infelizes quando impedidos de fugir.

O estudo analisou 250 fotografias de cães a ser abraçados pelos donos, e oito em cada 10 estavam visivelmente desconfortáveis.

Stanley Coren, o especialista em comportamento canino que conduziu o estudo, afirma que 82% dos cães fotografados revelam sinais de stress, desconforto ou ansiedade.

Segundo Coren, os cães são animais cursoriais, ou seja, reagem ao perigo fugindo a correr e quando confrontados com uma ameaça preferem fugir do que morder.

O estudo acrescenta que os donos não devem tratar os animais como crianças e que a melhor forma de demonstrar afeto por eles é passar a mão pela cabeça ou pela barriga, ou oferecer uma guloseima.

Ainda assim, muitos donos mostram-se céticos quanto às conclusões deste estudo e a polémica instalou-se nas redes sociais. Vários donos partilharam fotografias com os seus amigos de quatro patas, garantindo que estes adoram abraços.