A nave tripulada russa Soyuz MS-01, a primeira da sua geração, realizou este sábado com êxito a acoplagem à Estação Espacial Internacional, informou o Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia.

A acoplagem foi realizada às 07:06 de Moscovo (05:06 em Lisboa)”, disse o locutor do Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia citado pelas agências russas.

Os astronautas que viajavam a bordo da nave espacial, o russo Anatoli Ivanishin, o japonês Takutya Onishi e a norte-americana Kathleen Rubins chegaram ao destino após três dias de voo. A descolagem decorreu na quinta-feira, no Cazaquistão. 

Durante a acoplagem, foi utilizada o novo sistema de navegação "Kurs", que permitiu ver o encaixe entre a nave a Estação Espacial, através do Centro de Controlo, no Planeta Terra. 

A recém-chegada Soyuz MS-01 tem inovadores modelos de comunicação, propulsão, navegação e televisão, que a tornam mais segura e inteligente. 

Ivanishin e os restantes astronautas irão realizar trabalhos de manutenção da plataforma e outros científicos, integrados numa missão que terá a duração de cerca de quatro meses.