Afinal, a Lua é mais jovem do que os cientistas pensavam. Uma nova investigação tira 100 milhões de anos ao planeta satélite da Terra.

A teoria que existia até agora dava conta de que a Lua tinha surgido após o embate de um planeta do tamanho de Marte ou maior com a Terra e a sua consequante explosão, há 4560 milhões de anos.

No entanto, uma nova investigação à superfície lunar vem contraiar esta tese, afirmando que as rochas não têm mais do que 4400 milhões de anos.

Esta nova tese vem mudar a compreensão que existe sobre os primeiros tempos da Terra e a sua relação com o planeta satélite Lua, refere o «Space.com».