O presidente da Google, Eric Schmidt, lançou a sua previsão sobre o ano de 2014 no que diz respeito à tecnologia. Para Schmidt, a resposta é óbvia e uma só: 2014 será o ano do «móvel».

«São vendidos mais tablets e smartphones do que computadores pessoais. As pessoas estão a mudar para esta nova arquitetura bastante rápido», disse o presidente à Bloomberg TV.

«A ideia era que o móvel estava a ganhar [a 'corrida' da tecnologia]. Neste momento, já ganhou», afirmou.

Eric Schmidt acredita que esta nova tendência trará uma «nova geração de aplicações» para responder às «novas» necessidades de entretenimento, redes sociais entre outras.

Na entrevista à Bloomberg TV, o CEO da Google admitiu, ainda, que nem sempre foi o melhor a antecipar as novas tendências tecnológicas, e deu o exemplo das redes sociais como o seu grande erro.

«Na Google, o meu maior erro foi não antecipar o crescimento do fenómeno das redes sociais. Não será um erro que voltaremos a cometer. Em nossa defesa, estávamos ocupados com muitas outras coisas, mas deveríamos ter prestado mais atenção a essa área e eu assumo essa responsabilidade», disse Schmidt.