Marte vai ocupar o centro do palco espacial esta terça-feira quando se alinhar com a Terra e o Sol, numa espécie de antecipação da sua maior aproximação à Terra durante o eclipse lunar total no dia 14 de abril.

Segundo o sítio na Internet especializado em astronomia space.com, o alinhamento entre Marte, a Terra e o Sol é chamado de «oposição», porque Marte e o Sol são opostos um ao outro no «nosso» céu.

O «planeta vermelho» aparece de dois em dois anos no céu terrestre, quando a órbita o coloca num alinhamento perfeito entre a Terra e o Sol.

Entre a Terra e Marte as oposições acontecem a cada 26 meses porque os planetas são relativamente próximos um do outro.

Por conta dessa configuração entre Terra e Marte, o «planeta vermelho» estará visualmente maior para os observadores, principalmente para quem tiver um telescópio.