Uma cidade da Coreia do Sul tomou a iniciativa de introduzir um alarme, que pisca uma luz cor-de-rosa, em comboios e autocarros públicos, que identificam as mulheres que estão grávidas e ajudam os passageiros a ceder-lhes o lugar.

O dispositivo foi batizado por “Beacon” e, através de uma ligação bluetooth, entre uma aplicação no smartphone da mulher e o dispositivo no interior do veículo, o alarme dispara se ela estiver a cerca de dois metros do assento, como explica a Reuters e é ilustrado neste vídeo da campanha "Pink Light".

A iniciativa surgiu porque é difícil identificar uma mulher grávida, quando ainda está nas primeiras semanas de gestação.