Vestígios de uma nova espécie de dinossauro herbívoro, do tamanho de um peru, foram descobertos em rochas com 113 milhões de anos, no sudeste australiano, foi divulgado esta quinta-feira.

Segundo um artigo da revista científica PeerJ, a descoberta de uma cauda fossilizada e de ossos das patas permite ter uma nova visão sobre a diversidade dos pequenos dinossauros herbívoros e bípedes chamados ornitópodes, que percorreram um grande vale de rifte (complexo de falhas geológicas) que existiu entre a Austrália e a Antártida.

O novo dinossauro foi batizado com o nome "Diluvicursor pickeringi", em homenagem a David Pickering, antigo curador das coleções de paleontologia de vertebrados dos museus de Vitória, na Austrália, que morreu em 2016.

Os restos do animal pré-histórico foram encontrados em 2005 numa plataforma rochosa, perto do cabo Otway, na costa sul do estado de Vitória.

A reconstrução preliminar da musculatura da cauda do "Diluvicursor pickeringi" sugere, de acordo com os autores do artigo científico, que o dinossauro era um grande corredor.