Tinha nove metros de altura e um nariz enorme. Era carnívoro e terá vivido na Ásia há 66 milhões de anos. Fósseis do Qianzhousaurus Sinensis ou «Pinóquio Rex», como lhe chamaram informalmente os cientistas, foram encontrados na China.

O novo dinossauro agora descoberto era, na verdade, um primo afastado do Tiranossauro Rex.

Os fósseis foram encontrados durante escavações para uma obra de construção civil, na China, e identificados por dois cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia.

«O Pinóquio é bastante diferente dos demais tiranossauros. Ele tem o conhecido sorriso cheio de dentes do T. Rex, mas o focinho é muito longo e fino, com uma coluna de chifres no topo», diz o especialista Steve Brusatte, um dos cientistas responsáveis pelas escavações, citado pela BBC.

«Pode parecer um tanto quanto cómico, mas é tão mortal quanto qualquer outro tiranossauro e talvez até mais rápido e mais forte», acrescenta o investigador.

«Achávamos que precisava de um apelido e o seu longo focinho lembrou-nos o nariz do Pinóquio», disse ainda.