Uma equipa internacional de cientistas anunciou ter descoberto um composto que combate os coronavírus, responsáveis por surtos como o da Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS), que já matou quase 200 pessoas e não tem cura.

Num artigo na publicação especializada «PLOS Pathogens», a equipa liderada por Edward Trybala, da Universidade de Gotemburgo, e Volker Thiel, da Universidade de Berna, revela que descobriu um compost chamado K22 que parece bloquear a capacidade do vírus de se propagar em humanos.

Os coronavírus afetam o sistema respiratório dos humanos e são responsáveis por até um terço de todas as constipações.

Uma estirpe mais severa do vírus, que terá sido transmitida por morcegos, provocou a epidemia da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS) de 2002, que matou quase 800 pessoas.