Uma nova extensão para o Chrome permite-lhe saber o que é que o Facebook pensa sobre si. Trata-se de uma aplicação criada pelo ProPublica, um site de notícias sem fins lucrativos, para o browser da Google, que possibilita desvendar os dados que a rede social recolhe sobre os utilizadores.

O Facebook recolhe uma grande quantidade de dados sobre os seus utilizadores todos os dias. É este conjunto de informações que permite desenhar experiências de marketing e publicidade muito direcionadas a cada utilizador. 

E ainda que o segredo seja a alma do negócio - desconhecendo-se os algoritmos usados nestas equações -, sabe-se que esta recolha de dados faz-se de várias formas, seja dentro da rede social ou fora dela.

Dentro da plataforma, é sabido que os gostos nas publicações ou as localizações associadas a fotografias têm um peso muito importante. Por exemplo, se o utilizador faz gosto numa publicação sobre um determinado filme, a rede social pode decidir que o utilizador gosta daquele género de filmes.

Fora da rede social, a empresa também recolhe a atividade dos utilizadores noutros sites ou em aplicações como o Instagram ou o Whatsapp.

Mais, a ProPublica diz que a tecnológica  “compra dados sobre os seus utilizadores” nos mais diversos contextos, como numa hipoteca ou na aquisição de bens. 

O armazenamento e cruzamento destes dados permite ao Facebook criar uma espécie de perfil do utilizador. 

Ora o que a ProPublica fez foi abrir uma porta de acesso a esse perfil. Com esta extensão "What Facebook Thinks You Like" (O que o Facebook pensa que gostas) poderá, como o nome indica, saber o que a rede social pensa sobre si.