"A capacidade do terapeuta está em olhar para a criança, ver como se mexe e perceber que controlo motor não está presente e como deve praticar esse controlo motor, usando o ambiente que a rodeia e as suas mãos" para guiar e estruturar o movimento que se quer, explana.