O sistema de desbloqueio por reconhecimento facial é uma das características do iPhone X, apresentado terça-feira, em Cupertino, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. O caricato é que, durante a apresentação, o novo sistema falhou.

Já corriam rumores de que o iPhone X ia ter um sistema de desbloqueio através de reconhecimento facial e foi confirmado pela Apple, no lançamento da nova geração de iPhones.

Portanto, basta olhar de frente para o ecrã do novo iPhone para o smartphone reconhecer o dono. Assim, acabaram-se os códigos e o leitor de impressões digitais.

A Apple garante que o sistema é seguro e que a probabilidade de uma pessoa olhar para um iPhone alheio e conseguir desbloqueá-lo é de um em um milhão.

Contudo, o novo sistema falhou durante a demonstração. O smartphone não identificou o rosto de Craig Federighi, vice-presidente de engenharia da Apple.

O engenheiro de software teve mesmo que mudar de telemóvel, para conseguir demonstrar a nova maneira de bloquear e desbloquear o smartphone. Isto depois de ter estado a explicar que o sistema era muito fácil de usar.