A tecnologia é cada vez mais a grande aliada dos pais que pretendem controlar os telemóveis dos filhos. A variedade do mercado é tanta que se está a gerar um debate sobre a privacidade dos adolescentes e a tranquilidade dos encarregados de educação.
 
Os pais que desconfiem que os filhos estão a sofrer de bullying na escola, a trocar mensagens pornográficas ou mesmo a vender droga, têm agora à disposição uma série de aplicações que permitem controlar aquilo que os menores fazem online.
 
Além disso, existem aplicações específicas que permitem calcular o valor da mesada ou controlar o rendimento na escola.
 
Este género de aplicações ganha popularidade com a expansão dos smartphones. Eis uma lista das principais aplicações já disponíveis em Portugal:


 

1. TeenSafe 


Esta aplicação pode mostrar o que o utilizador publica nas redes sociais, dá acesso às mensagens de texto apagadas e revela as mensagens enviadas em aplicações como o Snapchat e o WhatsApp, que, em teoria, não guardam histórico das conversas. Embora a empresa aconselhe a que os pais contem aos filhos que estão a ser vigiados, a aplicação pode funcionar secretamente.

O diretor executivo da empresa, Rawdon Messenger, afirma que «é completamente legal que os pais façam isso discretamente» e que, quando se trata de proteger os filhos, «a privacidade tem que dar lugar à proteção».
 

2. Net Nanny 


Permite aos filhos navegar na Internet sem o receio do acesso a conteúdo inapropriado. Net Nanny é um navegador personalizado que se torna o navegador padrão do seu filho. Além disso, pode gerir quais os aplicativos que o menor pode ou não usar nos dispositivos móveis. Está disponível uma versão gratuita da app para teste.


 

3. MamaBear 


Esta aplicação permite mostrar a velocidade a que o jovem está a conduzir ou a velocidade do carro em que viaja como passageiro. A sua cofundadora, Robyn Spoto, diz que a app é utilizada para ligar famílias inteiras e enviar alertas quando alguém excede o limite de velocidade ou saiu de um determinado perímetro. Muitas famílias sentem-se mais seguras recebendo notificações sobre onde estão os filhos.



Esta aplicação, no entanto, não pode ser usada secretamente.
 

4. ZoeMob 


Lançado em 2011, a app permite aos pais controlar as atividades dos filhos através dos dispositivos eletrónicos, saber onde estão ou se recebem mensagens pornográficas. A aplicação é gratuita para o controle de um dispositivo apenas.

 

5. NQ Family Guardian 


Disponível para Android, é uma aplicação gratuita de controlo parental que permite aos pais saber a localização dos seus filhos e gerir como é que as crianças usam os seus dispositivos. Possui bloqueio de contactos e alarme de pânico.