A modelo australiana Meaghan Kausman não gostou de ver fotografias tiradas debaixo de água para uma marca de biquínis alteradas em Photoshop para parecer mais magra.

Depois de ter elogiado nas redes sociais a produção fotográfica que tinha sido convidada a realizar, Meaghan, de 23 anos, sentiu-se desiludida quando viu uma das fotografias manipuladas digitalmente para que a sua silhueta parecesse mais esguia.

Na rede social «Instagram», a modelo mostrou as fotografias e o seu descontentamento. «Este é o meu corpo! Recuso-me a permitir que qualquer empresa, ou pessoa, perpetue a ideia de quanto mais magra melhor. Todas as mulheres são bonitas, apenas viemos em formatos e tamanhos diferentes. Esta indústria é maluca!», disse na legenda da publicação.



O apoio incondicional que recebeu já levou a empresa da marca de biquínis a formular um pedido de desculpas e a retirar a fotografia dos seus perfis nas redes sociais.