O gigante tecnológico Google patenteou um mecanismo que consiste numa "cola" para minimizar os danos que os seus veículos condução automática podem causar em peões que sejam atropelados.

O mecanismo consiste em o veículo ter no capo e para-choques dianteiro e lateral uma camada de cola adesiva, de acordo com o pedido de patente que foi feito nos Estados Unidos, de modo a que o corpo do peão atingido fique ‘colado’ em vez de ser projetado para a estrada.

Para evitar que essa camada adesiva apanhe outros objetos do exterior, como lama ou poeira, ou mesmo insetos, o Google diz que a parte adesiva do capo estará coberta com algo semelhante a uma casca de ovo que se abre na altura do impacto e expõe a camada adesiva.

Embora a patente tenha sido depositada esta semana, o Google já solicitou a patente em 2014, embora isso não signifique que a empresa a vai realmente usar.