Uma norte-americana anunciou, acidentalmente, a morte do marido no Twitter quando publicava sobre um acidente numa autoestrada perto de Vancouver, estado de Washington, EUA.

Segundo a BBC, Caran Johnson estava a ouvir um rádio da polícia e descobriu que tinha ocorrido um acidente na autoestrada 205, que descreveu como «horrível».

Os seus «tweets» seguintes começaram a mostrar mais preocupação, quando Caran se apercebeu que o marido tinha deixado o trabalho mais cedo e costumava regressar por aquela estrada.

«Estou a tentar não entrar em pânico, mas o meu marido saiu do trabalho mais cedo e ele vem pela [I-205] para chegar a casa. Ele não atende o telemóvel», lia-se numa das publicações.

Após mais alguns «tweets», onde a mulher perguntava a descrição dos veículos envolvidos e onde contou que o marido tinha epilepsia, eventualmente Caran publicou: «É ele. Ele morreu».

O carro onde seguia o marido de Caran, Craig Johnson, galgou o separador central da autoestrada e embateu frontalmente num carro que seguia em sentido contrário. As autoridades de Washington confirmaram o óbito.