Um comboio japonês de levitação magnética bateu esta quinta-feira um novo recorde mundial de velocidade ao atingir 590 quilómetros numa viagem experimental, informou uma companhia ferroviária do Japão.

Um campo magnético permite que o comboio «flutue» 10 centímetros acima dos carris, eliminando o atrito e permitindo alcançar altas velocidades de forma eficiente.

A locomotiva percorreu mais de um milhão de quilómetros nesta fase de testes, anunciou a Japan Railways Group, que planeia abrir em 2027 a primeira linha para um comboio de levitação magnética no país.

O comboio de alta velocidade vai ligar em 40 minutos a capital japonesa, Tóquio, à cidade de Nagoya, numa distância de 286 quilómetros.

A construção da linha, orçada em 66,6 mil milhões de euros, começou em outubro de 2014 após receber aprovação do governo japonês.