Dois ativistas do grupo Anonymous foram detidos, no Camboja, acusados de piratear «sites» oficiais do Governo, na sequência de uma investigação conjunta da polícia local e do FBI, informou hoje a imprensa local.

Tha Bun King Mongkolpanha, aliás «Black Cyber», e Cho Sengheng, aliás «Zoro», ambos de 21 anos e estudantes de uma universidade privada de Phnom Penh, foram detidos no passado dia 07, indicou a polícia cambojana num comunicado citado pelo Phnom Penh Post.

As detenções foram efetuadas na sequência de oito meses de investigação, iniciada depois de vários organismos oficiais terem denunciado que foram alvo de ataques nos seus portais na Internet.