Um grupo de estudantes recuperou uma câmara GoPro dois anos depois de ter sido lançada ao espaço. Os alunos publicaram um vídeo com as imagens captadas.

Foi em junho de 2013 que um grupo de estudantes da Universidade de Standford lançou, no Grand Canyon, nos EUA, um balão de alta altitude com uma GoPro e um telemóvel para o espaço. A operação demorou algum tempo a ser planeada e pretendia que a câmara captasse imagens, que seriam depois recuperadas quando a máquina fotográfica caísse na Terra.

O plano era localizar o telemóvel através de GPS.

Mas as coisas não correram como o previsto: o balão rebentou a 30 quilómetros da Terra, depois de ser lançado. Para piorar as coisas, os dispositivos caíram num local sem rede e os estudantes não conseguiram localizá-lo.

Foi um golpe de sorte que fez com que a câmara voltasse às mãos dos alunos. Dois anos depois do lançamento, uma mulher chamada Pearl Tsosie descobriu o equipamento, enquanto passeava no deserto e devolveu-o.

Os estudantes publicaram um vídeo onde documentaram toda a aventura e revelaram as imagens extraordinárias captadas pela GoPro a partir do espaço.