A «lua-de-mel» de um casal de cagarros instalados num ninho na ilha do Corvo pode ser acompanhada em direto através da internet, num projeto que visa dar a conhecer uma ave emblemática dos Açores.

Através do site é possível «acompanhar a par e passo a lua-de-mel do casal, desde a construção do ninho até ao desenvolvimento da cria» de cagarros, revelou esta terça-feira a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), através de um comunicado.

Já em 2011 foi feita uma experiência semelhante, também a partir do Corvo, naquela que foi «a primeira vez no mundo» em que, em tempo real, foi possível acompanhar a nidificação de um casal de cagarros.

Segundo a SPEA, mais de 27 mil pessoas de 70 países diferentes acompanharam esse casal através da internet.

«Os Açores têm a maior população nidificante desta ave emblemática a nível mundial, aumentando assim a responsabilidade na conservação das colónias na região, importante referência da biodiversidade dos Açores e um destaque para quem visita o arquipélago», defende a SPEA.

«Com o seguimento de mais este ninho esperamos ganhar mais conhecimento sobre a biologia desta espécie tão acarinhada pela população do Corvo e dá-la a conhecer a nível mundial a todos os interessados», refere Tânia Pipa, da SPEA, citada no mesmo comunicado.

A iniciativa é promovida pela SPEA, em parceria com a Portugal Telecom, a Câmara Municipal de Vila do Corvo e o Governo dos Açores, no âmbito do Plano de Ação Pós-Projeto LIFE «Ilhas Santuário para as Aves Marinhas».

Para acompanhar a «lua-de-mel» dos cagarros, é preciso usar o Firefox ou o Safari como browser.

Será possível seguir o casal até ao momento em que a cria abandonar o ninho, o que deverá ocorrer em novembro.