O telescópio espacial, NuSTAR, captou o momento em que uma erupção gigante no buraco negro Markarian 335 fez com que uma luz raio-X fosse expelida da região.

A explicação para o fenómeno ainda não foi encontrada, mas as pesquisas que vão ser feitas para apurar as causas da explosão, podem ajudar a desvendar alguns mistérios sobre os buracos negros.

 

“Esta foi a primeira vez que conseguimos ligar o lançamento da coroa com uma erupção”, disse Dan Wilkins, da Universidade Saint Mary. "Isto vai ajudar-nos a compreender como é que os buracos negros supermassivos se alimentam de alguns dos objetos mais brilhantes do Universo”.

De acordo com a NASA, estas regiões são rodeadas anéis com material quente e incandescente. É a gravidade do buraco negro que puxa gás na sua direção, aquecendo-o e fazendo com que brilhe em diferentes comprimentos de onda. Contudo, os cientistas não podem afirmar ainda que o fenómeno tenha sido causado por isto.

Uma das investigadoras, Fiona Harrison, afirmou que a fonte de energia na região é “misteriosa” e que a resposta só vai ser adquirida quando a NASA conseguir filmar uma réplica do acontecimento.