Uma enorme esfera de pedra encontrada numa floresta na Bósnia-Herzegovina está a intrigar os especialistas.

A descoberta é do arqueólogo bósnio Semir Osmaganic, que diz que esta formação rochosa é a mais antiga feita à mão por humanos. De acordo com o seu colega Sam Osmanagich, havia muitas esferas semelhantes naquela região no século XX, mas que foram partidas pois acreditava-se que pudessem conter ouro no interior.

A esfera mede entre 1,2 a 1,5 metros de diâmetro e, de acordo com o jornal britânico The Telegraph, foi encontrada perto da cidade bósnia de Zavidovici.

O arqueólogo que a descobriu acredita que ela tenha cerca de 1.500 anos e que prova a existência de uma civilização antiga.

Outros arqueólogos duvidam. Mandy Edwards, da Universidade de Manchester duvida que tenha origem em mão humana e explicou ao Daily Mail que a esfera ter-se-á solidificado “pela precipitação de cimento natural entre os grãos de sedimento”, um processo conhecido como concreção.

Anthony Harding, presidente da Associação Europeia de Arqueólogos, descreveu a revelação como um “total absurdo”.