O Facebook pagou 6.600 euros a um jovem marroquino que detetou uma falha relativa à eliminação de dados sobre "informações privadas"  que já tinham sido eliminadas, noticia o site le360.

Ayoub Fathi, de 21 anos, explicou ao site que recebeu uma mensagem do Facebook, em que a empresa o informa que tinha sido premiado com 7.500 euros pela descoberta e lhe agradece as "contribuições constantes".

No entanto, esta não é a primeira vez que Fathi é premiado pela rede social. Só este ano, o jovem marroquino detetou três falhas no Facebook e reportou-as de imediato.

O jovem já colaborou como analista de segurança para em empresas especializadas como a  Defencely, HackerOne, e BugCrowd e fez alguns "testes de segurança" para Google, Twitter e Facebook.

Graças às suas competências, Fathi já recebeu várias ofertas de trabalho no estrangeiro. No entanto, prefere concluir o curso de informática na Universidade de Ben Msick de Casablanca.