Poucas horas depois dos atentados em França, o Facebook encheu-se de bandeiras da França nas fotografias de perfil dos utilizadores. Mais de uma semana depois, muitos são os que querem desativar esse filtro, mas queixam-se das dificuldades em fazê-lo, avançam os jornais Independent e Express.
 
Quando os utilizadores acrescentaram o filtro na imagem de perfil, tinham a hipótese de o fazer expirar ao fim de um dia ou de uma semana, por exemplo.
 
Quem utilizou a opção de utilização da ferramenta por períodos mais curtos, perde automaticamente o filtro sem ser preciso mais nada. Mas quem escolheu os períodos mais longos ou simplesmente se esqueceu de ativar essa opção temporária queixa-se agora que precisa de mudar de fotografia para tirar a bandeira da França da foto de perfil. E de facto, não tem muitas hipóteses.
 
Assim, quem não escolheu a tal opção temporária, só tem de clicar na fotografia de perfil do Facebook e selecionar a opção “atualizar fotografia de perfil”. Isto vai permitir escolher uma fotografia de entre as já existentes no Facebook ou uma imagem nova.
 
O filtro da bandeira francesa tornou-se muito popular na última semana, mas foi também amplamente criticada. Houve quem acusasse os utilizadores que mudaram a fotografia de perfil de não terem feito o mesmo diante de outras causas e houve até quem acusasse o Facebook de estar a promover a supremacia branca.