Investigadores japoneses desenvolveram um sistema para smartphones que avisa os pacientes epiléticos pelo menos 30 segundos antes de sofrerem um ataque, de forma a ajudar a evitar lesões por queda e outros acidentes.

Uma equipa da Universidade de Kyoto, no centro do Japão, que desenvolveu o sistema, está a trabalhar com a Universidade de Kumamoto (sudoeste) e a Universidade de Medicina e Odontologia de Tóquio para que o dispositivo comece a ser comercializado em 2020, segundo o diário «Nikkei».

O sistema utiliza um pequeno sensor colocado perto da clavícula ou no coração para medir as alterações nos batimentos cardíacos.

Antes de um ataque epilético, a atividade das células nervosas que afetam os nervos que controlam o coração muda. Ora a tecnologia permite detetar estas alterações através do sensor e envia os sinais para o telemóvel, que utiliza uma aplicação especial para analisá-las.