Um hacker acedeu a um dos servidores da Vodafone na Alemanha e roubou dados pessoais de cerca de dois milhões de clientes, informou a empresa nesta quinta-feira.

De acordo com a Reuters, o pirata informático conseguiu obter nomes, moradas e até números de contas bancárias dos utilizadores da rede móvel. Contudo, a empresa já veio garantir que o indivíduo não teve acesso a quaisquer palavras-passe, números de segurança ou informações de ligação móvel.

«É muito difícil que consiga usar as informações a que acedeu para chegar às contas bancárias», defendeu a Vodafone em comunicado.

A empresa alertou, ainda, para a eventualidade de este hacker tentar aceder a mais conteúdos pessoais através de e-mails indesejados e outros mecanismos.

O caso já está a ser investigado pela polícia e a Vodafone identificou a entrada que o pirata usou para aceder ao servidor, tendo-a bloqueado para evitar ataques futuros.