Há uma nova moda no YouTube: vídeos que podem, alegadamente, estimular o seu cérebro ao ponto de provocar um orgasmo. Quem o defende é Ally, uma jovem que está a tornar a «Resposta Autónoma Meridiana Sensorial» ou ASMR numa tendência viral.

A página YouTube existe há quase um ano e é exclusivamente dedicada aos vídeos que, segundo a autora dos cerca de 50 vídeos, provocam no cérebro sensações semelhantes às de um orgasmo.

Em alguns dos vídeos, Ally utiliza objetos para produzir sons que estimulam o cérebro e criam sensações agradáveis e apenas sussurra, como está explícito na filosofia da Resposta Autónoma Meridiana Sensorial.



O canal do YouTube de Ally já foi visitado por milhões de pessoas e a jovem chegou já a promover concursos para interagir com quem acompanha o seu trabalho.

A ciência ainda não conseguiu provar que ASMR existe, mas os internautas já aderiram e estão a fazer pressão para que a comunidade científica prove a sua veracidade.