Janeiro de 2016 foi o primeiro mês do ano mais quente na Terra desde o início das leituras de temperatura, no final do século XIX, anunciou hoje a agência oceânica e atmosférica norte-americana (NOAA, sigla em inglês).

No geral, a temperatura média à superfície dos oceanos e da Terra esteve 1,04 graus centígrados acima da média registada no século XX, fazendo de janeiro o primeiro mês do ano mais quente desde 1880, ultrapassando o recorde estabelecido em 2007, de 0,16 graus centígrados, precisou a NOAA.

O ano de 2015, no seu todo, já tinha sido de longe o ano mais quente desde que há registo de temperaturas, já tinha anunciado a agência no mês passado.