É esperado que a Apple venha a cortar a produção do novo iPhone 5C para metade, de 300.000 unidades por dia para 150.000, segundo informações do portal «CNet», que cita o site chinês «C Technology».

Até ao momento nenhuma explicação foi dada para a desaceleração a nível de manufaturação do produto colorido, mas acredita-se que se deva às vendas menos generosas em relação ao modelo 5S, lançado na mesma data do mês passado, segundo apontam alguns estudos, como este.

Segundo a mesma fonte estes «rumores» podem ser confirmados apenas pela disponibilidade do produto na loja online da Apple, disponíveis para envio no dia seguinte, enquanto o 5S se encontra esgotado.

Outro fator é o facto de que o produto está a ser vendido abaixo do seu preço inicial por algumas cadeias de supermercados americanas como a «Best Buy», segundo afirma a CNN, que vende o 5C a 50 dólares, com contrato (cerca de 35 euros), ao invés dos 99 dólares (75 euros) que a Apple publicitou na apresentação.

Devido à abundância nos mercados chineses o preço do aparelho caiu de 700 dólares para entre 490 dólares (360 euros) e 540 dólares (400 euros), mais um dado que pode confirmar as informações.

A Apple não se pronunciou sobre o assunto até ao momento.

Os novos iPhone 5S e 5C chegam a Portugal a 25 de Outubro.