A mulher que morreu devido a um choque elétrico enquanto usava o iPhone pode ter sido eletrocutada por usar um carregador não fabricado pela Apple.

Ma Ailun, de 23 anos, aparentemente usava um carregador falsificado para o iPhone 4, revelou o «South China Morning Post».

Ma, assistente de bordo, estava a carregar o telefone no dia 11 de julho, na sua casa em Xinjiang, quando sofreu um choque elétrico que causou a morte.

Para além do carregador falsificado, outra hipótese para a electrocução pode ser o uso de um carregador na China que está adaptado às correntes de Hong Kong, Taiwan ou Japão.

Se for esse o caso, o excesso de carga elétrica num carregador não adaptado pode ter dado origem ao choque elétrico.

Depoimentos anteriores referiam-se ao telefone como sendo o modelo 5 do iPhone, mas investigações recentes provam que se tratava do iPhone 4.