Os astronautas da missão Apollo 10 foram apanhados de surpresa por uma música misteriosa quando estavam a bordo da nave que fez o ensaio geral para a chegada do homem à Lua.

As gravações da missão, tornadas públicas pela NASA em 2008, revelam que os astronautas estavam no chamado lado oculto da Lua, sem contacto com a Terra, quando ouviram o som misterioso.

Estes ficheiros permitiram a investigação das conversas entre os astronautas e, agora, um programa do Science Channel, "Nasa's Unexplained Files", voltou a abordar a questão da “música espacial”.

No diálogo que pode ouvir-se nas gravações, e que está também descrito no site da NASA, os astronautas discutem entre si se haveriam de contar à NASA sobre o som que ouviram.

O piloto Eugene Cernan descreve o ruído como um “som de assobio”. O astronauta John Young coloca a possibilidade de se tratarem de ondas VHF, mas isso é pouco provável porque a missão estava na zona oculta da lua onde não chegam as ondas de rádio da Terra.

A origem do som, que nada tem a ver com a canção dos Pink Floyd lançada quatro anos mais tarde, “The Dark Side of the Moon”, permanece por isso um mistério.

A Apollo 10 foi a quarta missão tripulada do programa Apollo e a segunda a ir à lua, e antecedeu o voo da Apollo 11, que dois meses depois pousou pela primeira vez na Lua.