Durante anos pensou-se que Adolf Hitler se teria suicidado, com Eva Braun, ingerindo uma cápsula de cianeto e disparando um tiro na cabeça. Contudo, alguns historiadores vieram a público dizer que esta teoria pode não ser verdadeira, uma vez que o crânio encontrado no búnquer onde estaria o líder nazi, no dia da sua morte, e exibido para comprová-la, pertencia a uma mulher com menos de 40 anos.

As centenas de biografias escritas sobre as últimas horas de vida do führer podem ter de ser completamente reescritas e o final deixado em aberto. De acordo com o The Guardian, a morte de Hitler pode ter sido apenas embelezada para a tornar mais heróica, porque o crânio retirado do búnquer, onde o líder alemão alegadamente se tinha escondido, em 1945, e que foi exibido em Moscovo, em 2000, pode não lhe pertencer.

Um grupo de cientistas norte-americanos analisou a ossada com recurso a testes de ADN e determinou que pertencia a uma mulher, cuja identidade é ainda desconhecida. 

Os ossos pareciam ser muito finos. Os ossos masculinos tendem a ser mais robustos. E os ossos onde o crânio se junta pareciam corresponder a alguém com menos de 40 anos”, referiu o arqueólogo Nick Bellantoni.


Uma descoberta que exclui à partida o líder nazi, que tinha 56 anos, na altura em que o Terceiro Reich chegou ao fim, em 1945.

Os especialistas analisaram também um sofá ensanguentado, encontrado no búnquer, e as manchas de sangue também não pertenciam ao führer.

A equipa acredita também que o crânio não pertence à companheira de Hitler, Eva Braun, que na altura tinha 33 anos.
 

Sabemos que o crânio pertence a um mulher entre os 20 e os 40 anos. Mas não existem documentos que apontem que Eva Braun se tenha suicidado com um tiro na cabeça ou que tenha sido alvejada depois. Pode ser qualquer pessoa. Muitas pessoas foram mortas perto do búnquer”.


As descobertas podem alimentar algumas teorias da conspiração para explicar o que aconteceu no dia 30 de abril de 1945. Excluindo o crânio, não há mais provas que apontem para que o líder nazi tenha morrido naquele dia.