A nave russa Soyuz TMA-15M, com três tripulantes a bordo, acoplou-se com êxito à Estação Espacial Internacional, esta segunda-feira, de acordo com a agência espacial russa Roscosmos.

«A acoplagem ocorreu às 05:48 [02:48 em Lisboa] em modo automático», afirmou um porta-voz da Roscosmos à agência Interfax.

O foguetão descolou, na noite de domingo, do centro espacial de Baikonur, nas estepes do Cazaquistão.

A equipa é composta por um americano, um russo e pela primeira mulher italiana astronauta. Na nave encontram-se mantimentos especiais para a estação como quinze caixas de caviar, e ainda uma máquina de café italiana personalizada.

A nova missão durará cerca de seis meses e irá preparar o regresso de naves americanas tripuladas em 2017.

A EEI encontra-se em órbita a 418 quilómetros da Terra, e é um projeto de 16 países.