O multibanco nasceu há 30 anos e muito pouco se sabe sobre como se gere, na prática, a rede. A SIBS tem estado envolta em secretismo. Raramente foi permitida a entrada de jornalistas nas instalações e todo o edifício está altamente vigiado. A TVI teve, agora, acesso a uma sala que parece uma espécie de "big brother": o centro de controlo operacional da rede multibanco. 

"Uma pessoa que está a fazer um levantamento, uma compra mnuma loja, num supermercado, numa gasolineira. Controlamos tudo aqui, em real-time, ao minuto"


A diretora de imagem e comunicação SIBS, Maria Antónia Saldanha, deixou ainda uma ressalva, para descansar os utilizadores, ao dizer que não existem câmaras no multibanco. "O que fazemos é ver as operações".

As cores ajudam a perceber se está tudo a funcionar corretamente. As bolas verdes indicam que sim, se forem amarelas é preciso corrigir alguma coisa e, caso sejam vermelhas, significa que algo falhou ( ver fotogaleria em baixo).

"Tudo o que acontece na rede, sabemos exatamente o momento em que esse incidente ou que essa avaria está a ocorrer", acrescentou o diretor de gestão de redes SIBS, João Costa.

A sala secreta consegue, ao mesmo tempo, perceber que clientes de Portugal andam em viagem lá por fora, acrescentou a diretora de imagem e comunicação.

"O [levantamento] not on us significa os portugueses que têm um cartão e que estão a fazer um levantamento no estrangeiro. Estamos a acompanhar que tudo está ok com os seus cartões mesmo quando estão no estrangeiro"


O centro de controlo operacional da rede multibanco tem 60 funcionários especializados para um serviço 24 horas. 
Quem já perdeu ou viu o seu cartão multibanco roubado certamente já terá recorrido à linha cancelamento de cartões da SIBS (808 201 251), que funciona no mesmo edifício. 

A primeira máquina multibanco em Portugal remonta a 2 de setembro de 1985, precisamente há 30 anos. 
Na altura, foram instaladas na rua nove máquinas idênticas. Como aquele modelo só emitia escudos, foi descontinuado e retirado da rede perto de 2000, com a introdução do euro. 

Hoje em dia, há cerca de 13.000 caixas multibanco. A máquina já permite não só levantar dinheiro, como fazer pagamentos, transferências, carregar o telemóvel ou comprar bilhetes de transportes. Há outras novidades na manga, como fazer pagamentos sem precisar de código PIN ou haver a hipótese de passar a poder levantar moedas e não apenas notas.