O gigante da internet norte-americano Google publicou um código de boa conduta para os utilizadores dos seus óculos interativos, cujos protótipos já suscitaram receios sobre a proteção da vida privada.

«Não sejam rudes ou perturbadores», escreveu a empresa numa mensagem divulgada na internet para os «exploradores», os técnicos que estão a testar os dispositivos, aconselhando-os a «respeitar os outros» e a «não ficarem impacientes se surgirem dúvidas sobre os óculos».

O grupo parece querer impedir os portadores dos «Google Glass» de serem expulsos de restaurantes, cafés ou outros estabelecimentos devido a perturbações causadas pela máquina fotográfica incluída nos dispositivos.