A missão espacial europeia que vai estudar o lado escuro e invisível do Universo, com participação portuguesa, passou nos testes preliminares, anunciaram esta quinta-feira a agência espacial europeia ESA e o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Em comunicado, o IA informa que a missão Euclid, com lançamento previsto para dezembro de 2020, "passou com sucesso a rigorosa avaliação do seu projeto preliminar", no qual está envolvida uma equipa de quatro investigadores do instituto português.

Segundo o IA, o projeto preliminar "comprovou que a missão conseguirá produzir a enorme quantidade de dados proposta".