A Sony anunciou esta terça-feira o lançamento de um protótipo de óculos inteligentes, o «SmartEyeglass», que vai começar a ser comercializado em março, depois de a Google ter retirado do mercado um dispositivo similar há cerca de um mês.

Segundo a agência de notícias espanhola EFE, a primeira versão destes óculos comercializados pela gigante norte-americana de tecnologia é destinada especificamente a criadores de aplicações informáticas e pode ser encomendada a partir dos Estados Unidos da América, Reino Unido e Alemanha, por 670 euros.

A partir de 10 de março, também estará à venda para empresas tecnológicas de Espanha, França, Itália, Bélgica, Holanda e Suécia, referiu em comunicado a Sony.

O «SmartEyeglass» pode ser ligado a smartphones compatíveis e permite visualizar informação, como texto, símbolos ou imagens.

A Sony vai também distribuir um pacote de software para incentivar o desenvolvimento de aplicações específicas para o dispositivo, com o objetivo de comercializar o equipamento, a partir de 2016, para clientes particulares e uso profissional.

O lançamento acontece quase um mês depois de a Google pôr fim à venda o seu protótipo de óculos inteligentes, o «Google Glass». Contudo, a Google disse que iria continuar a trabalhar no aperfeiçoamento do dispositivo para voltar a ser lançado mais tarde no mercado.