O Facebook fez algumas mudanças nas definições de privacidade este ano. Recentemente, explicamos-lhe que informações pessoais deve omitir da conta, uma vez que podem estar a ser utilizadas contra si de forma maliciosa.

Agora - e porque no que toca à privacidade online todo o cuidado é pouco - mostramos-lhe outras três opções que facilmente pode desativar para garantir que as redes sociais não partilham informações suas se assim não o pretender.

1. Pode estar a fazer o upload de contactos para o Facebook de forma automática

Para o evitar, deve ir a Atalhos de Privacidade > Mais definições > Geral > Carregar contactos e desativar essa função. Assim, impede o Facebook de usar informações de contacto que tenha no telemóvel (incluindo nomes, números de telemóvel e e-mails), que podem levar a que a sua conta surja como um amigo recomendado a contactos que tenha no telemóvel.

Isso pode ser um inconveniente quando tem contactos de trabalho no telemóvel e não quer adicioná-los no Facebook.

Ao gerir convites e contactos importados, pode consultar se isso já aconteceu e eliminar esse histórico.

2. Evite que o WhatsApp partilhe informações com o Facebook

O WhatsApp, comprado pelo Facebook em 2014, anunciou recentemente que iria passar a partilhar informação com aquela rede social. É o caso de que tipo de aparelho está a utilizar ou com que frequência utiliza a app.

No WhatsApp, vá até Definições > Conta e desative a função “partilhar detalhes da conta”.

Se já o fez, esta opção não estará visível para si. Se não, apresse-se: só tem até dia 26 de setembro para o fazer.

3. Impeça o Facebook de partilhar os seus interesses com outros sites

Em junho, a rede social introduziu uma forma de mostrar anúncios personalizados mesmo para aqueles que não estão conectados com o Facebook. Agora, há uma forma de o impedir.

Em Anúncios no Facebook > Anúncios em apps e sites fora das empresas do Facebook, basta selecionar a opção “não”.