Um jovem programador espanhol, especialista em Android, descobriu o que poderá ser a próxima versão do WhatsApp para este sistema operacional. Javier Santos, de 20 anos, publicou fotos que mostram que a aplicação de mensagens deverá partilhar os dados com o Facebook.


 



O WhatsApp está prestes a ultrapassar o número de 1000 milhões de utilizadores ativos. Há quase dois anos, o Facebook comprou a aplicação de mensagens por 19 mil milhões de dólares. Na altura, o criador do WhatsApp, Jan Korum, garantiu que a privacidade dos utilizadores continuaria a ser mantida.

Caso se confirme a atualização que Javier Santos descobriu, os números de telemóveis cadastrados no WhatsApp poderão ser utilizados pela rede social de Mark Zuckerberg para, como mostram as imagens publicadas pelo programador, "melhorar minha experiência no Facebook".

Javier, que é estudante de engenharia de informática, disse ao El País que encontrou a alegada atualização ao mexer na versão beta mais recente do Whatsapp. Versões beta são disponibilizadas pelas próprias empresas para que especialistas "testem" as aplicações antes da versão final ser lançada.

"No Android, há sempre um arquivo em que se mostram todos os ecrãs. Um comando na consola permite exibir. Eu encontrei algo diferente das versões anteriores. Era isso: a conexão com o Facebook", disse o programador ao jornal espanhol.


Nem WhatsApp e nem Facebook entraram em contato com Javier. O El País avança que as duas empresas também não confirmaram a possível atualização.