Entre 80 e 100 pessoas foram mortas, 12 por decapitação, numa grande ofensiva lançada pelos talibãs no leste do Afeganistão, informou hoje um responsável provincial.

«Os insurgentes decapitaram 12 civis em quatro aldeias», disse o vice-governador da província de Ghazni, Mohammad Ali Ahmadi, à agência France Presse.

«Não temos números precisos, mas estimamos que entre 80 e 100 pessoas foram mortas na última semana» nesta ofensiva, acrescentou, dando conta de «intensos combates» entre «centenas de talibãs» e as forças de segurança.